concursos
(cartazes aleatórios de concursos encontrados no google)

Vejo sempre muitos concursos fotográficos na internet, alguns me interessam, alguns repasso para os amigos, mas nem todos são tão legais como parecem e, por isso, é preciso ter alguns cuidados com os Concursos Fotográficos.

Os principais motivos que consigo imaginar para participar de um concurso fotográfico são o Prêmio e a Visibilidade. Alguns concursos oferecem prêmios bastante interessantes para os ganhadores, como dinheiro, equipamentos ou viagens. Concursos renomados também proporcionam uma grande visibilidade aos ganhadores e isso pode ser bem interessante; há também concursos que produzem materiais impressos com as fotos ganhadoras e pode ser interessante pela visibilidade mas também é preciso cuidado.

A primeira coisa que faço é sempre procurar os prêmios que o concurso oferece. De certa forma os concursos mais renomados e respeitados têm bons prêmios e os concursos pilantras não oferecem nada.
Geralmente concursos que não oferecem premiação não me interessam muito, mas se você quiser apenas visibilidade pode ser que tenha algum concurso interessante que não tenha premiação em dinheiro ou material.
Há concursos criados apenas para divulgar a marca (principalmente em FanPages no Facebook), ou seja, você estará criando conteúdo de graça para a empresa.

A segunda coisa é ler o Regulamento, lá terá as regras, a premiação, o tema, quantas fotos você poderá enviar e especialmente, terá um artigo falando sobre o uso de imagem.

Acredito que muitos concursos são feitos pelo marketing de empresas ou pessoas que não são diretamente ligadas à fotografia então principalmente a parte de uso de imagem é onde aparecem os maiores problemas.

Fuja de concursos em que você ceda o uso comercial de imagem para o organizador, ou seja, mesmo que você não ganhe poderão fazer uso comercial ou vender sua imagem. Veja um trecho que retirei de um concurso X na internet:

Artigo 5:  Do direito de uso das imagens
Todas fotografias inscritas, inclusive as premiadas do 1º ao 5º lugares, passarão a pertencer ao acervo de fotos da XXXXXXXXXXXXXXXX, podendo ser(em) utilizada(s) em publicações diversas, montagem de exposições, apoio decorativo, folhetos e em quaisquer outras peças promocionais, que porventura venham a ser produzidas pela XXXXXXXXXXXXXX, por 5 anos, sem qualquer consulta prévia ou aviso e, também, serem cedidas para quaisquer órgãos, Entidades e outros parceiros da XXXXXXXXXXXXX para publicações em peças promocionais, ressalvada a citação do autor(a) como crédito.
Fica ainda liberado a XXXXXXXXXXX pelos premiados, o livre uso de seus nomes, endereços, imagens ou fotografias, vozes ou registros escritos, inclusive com propósito de testemunho a que tempo for, sem que nada venham reclamar a este título.

Legal, você participa do concurso, não ganha e depois vê sua foto sendo utilizada como propaganda de alguma empresa parceira do organizador do concurso, de graça!

Outro problema que vejo muito são os concursos de voto popular. Esses dias postei no twitter “Concurso Fotográfico com voto popular é na verdade um concurso para saber quem tem mais amigos.”
É isso mesmo que acontece! Geralmente ganha aquele que ficar gastando mais tempo e paciência dos amigos para votarem nele.
E entra novamente na parte de marketing, ao divulgar para seus amigos votarem você estará apenas sendo usado para alavancar a empresa organizadora.

Eu poderia escrever vários problemas encontrados em regulamentos de concursos e ficar citando exemplos, mas preferi não expor negativamente a imagem de ninguém. Acredito que a maioria dos concursos sejam de boa vontade, apesar dos problemas existem nos regulamentos. Mas é bom não arriscar né?

Existem vários concursos interessantes para participar, alguns famosos outros nem tanto, é só procurar por aí ;]

Vou terminar com uma frase que ouvi do Claudio Edinger na Semana de Fotojornalismo da USP e era mais ou menos assim:
”Ganhar um concurso não quer dizer que sua foto é a melhor, só quer dizer que sua foto agradou aos jurados”

Be Sociable, Share!