Arquivo de April 2012

Processo Criativo

Processo Criativo
Ultimamente as pessoas estão tão preocupadas com equipamentos e técnica que acabam esquecendo de ter boas ideias; a criatividade e todo processo criativo são deixados de lado.
Percebi isso um tempo atrás, quando ao olhar minhas fotos achava elas tecnicamente perfeitas, com uma boa exposição, foco perfeito, modelo bonita, fundo bonito, etc. Mas ainda sim faltava alguma coisa.

O Armando Vernaglia JR escreveu um Post muito bom sobre isso no FotografiaDG, que fala totalmente o que penso e aconselho a todos lerem: “Onde estão os inquietos?”

Uma vez fiz um Post aqui, sobre Como se manter criativo e que fez bastante sucesso, com um vídeo bem legal.

O processo criativo é algo um tanto quanto complexo e pessoal, achei um Documentário bem curto que fala um pouco sobre o Processo Criativo de várias áreas, principalmente artes plásticas, publicidade e design. Vale a pena ver:

 

É bem interessante como cada um trabalha com a criatividade, seja artista ou publicitário. Achei legal quando fala sobre a horizontalidade na publicidade e a verticalidade na Arte, também é interessante o último depoimento que fala sobre o “problema” da sexta-feira, que muitos ( principalmente publicitários e freelancers) sofrem.

E você aí, vai ficar juntando dinheiro pra comprar uma câmera nova ou vai fazer a criatividade trabalhar?


Mercado de trabalho: tá tudo errado!

mercado-de-trabalho-tudo-errado
Esse Post pode ser considerado até um desabafo por mostrar a minha visão, de alguém que está prestes a se formar e entrar de vez no mercado de trabalho. Esses problemas não estão apenas relacionado à fotografia, mas ao mercado em geral, principalmente às carreiras ligadas a arte e comunicação, com que tenho mais contato.

Ouço muito falar sobre a falta de mão de obra especializada e qualificada. Isso pode até ser verdade ( e é ) mas o que eu também vejo são vagas em que os requisitos cobrados e o salário ofertado não são equivalentes (Em outras palavras: Cobra-se muito e paga-se pouco ); De duas uma: Ou algum profissional qualificado irá se sujeitar a ganhar pouco, ou a vaga será preenchida por alguém não qualificado.

Vejo isso ocorrer muito nessas áreas que falei, ligadas à arte e comunicação. Para não colocar exemplos reais e práticos aqui, esses dias vi em um blog (Portal da tecnologia) uma analogia legal:

E se os motoristas fossem contratados da mesma maneira que profissionais de TI ( ou de fotografia, publicidade, etc.):

(continuar a ler…)


  • Siga o Blog:



    Assine o Blog via E-mail:


  • Copyright © Fotografe Também!. Todos os direitos reservados.
    Tema iDream traduzido por WP Total // Editado por LeoZaneti | Movido a Wordpress